Você está aqui: Página Inicial > Últimas Notícias > Últimas Notícias

Últimas Notícias

Coleção últimas notícias

Previc disponibiliza telefone celular para contato

22/2/2017 - A mudança da sede da Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc) para seu novo endereço, em Brasília, começa nesta quinta-feira, dia 23 de fevereiro. Caso as entidades, representações de classe e o público em geral não consigam fazer contato com a autarquia pelo telefone fixo, favor ligar para o celular (61) 99368-4685.

A Previc de mudança

22/2/2017 - A Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc) avisa às entidades fechadas de previdência complementar (EFPC), que as atividades internas da autarquia continuarão sendo desempenhadas, ainda que de forma precária ou compartilhada com os procedimentos operacionais da mudança, durante o período de 23/2/2017 a 10/3/2017.

Os escritórios da Previc nos estados estarão abertos, continuarão protocolando documentos e/ou requerimentos, bem como estarão funcionando, sem interrupção, todos os serviços de monitoramento e de fiscalização.

Realçamos que a Portaria nº 127, que trata da suspensão dos prazos dos processos administrativos em curso nas unidades da autarquia, teve como único objetivo salvaguardar as entidades diante do fato de alguns sistemas informatizados serem suportados diretamente pela própria Previc e não estarão funcionando durante o período de mudança.

Previc preside Reunião da Comissão Temática sobre Transferência de Gerenciamento

Comissão Temática

22/2/2017 - A Comissão Temática n°1/2017 do Conselho Nacional de Previdência Complementar (CNPC) se reuniu na terça-feira (21/2) em Brasília para tratar da transferência de gerenciamento de planos de benefícios entre entidades fechadas de previdência complementar (EFPC). Estavam presentes representantes da sociedade civil organizada — Luiz Fernando Brum e Sílvio Rangel da Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar (Abrapp); Cláudia Ricaldoni e Maria Auxiliadora da Silva da Associação Nacional dos Participantes de Fundos de Pensão (Anapar); Antônio Fernando Gazzoni dos patrocinadores e instituidores, Moacyr Henrique Vaz da Associação de Previdência Privada (Previnor) ; e Nélia Maria Pozzi da Acesita Previdência Privada (Aceprev)  — além de representantes do governo — Carlos Marne, Ana Carolina Baasch e Milton Santos da Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc);  Claudia Elizabeth Ashton e Nilton Antônio Santos da Secretaria de Políticas de Previdência Complementar (SPPC), Ernesto Serejo Costa e Elvis de Almeida Silva do Ministério da Fazenda; e Alano Roberto Guedes e Paulo Roberto do Ministério do Planejamento Desenvolvimento e Gestão.

Durante a manhã, os casos de duas entidades fechadas de previdência complementar que passaram por esse processo de transferência de gerenciamento de planos de benefícios foram expostos. O diretor da Previnor, Moacyr Vaz, relatou as dificuldades encontradas pela entidade de origem durante a transferência, enquanto a presidente da Aceprev, Nélia Pozzi, relatou a experiência da entidade de destino.

Os dois casos expostos embasaram as discussões do período da tarde. As sugestões da Anapar, Abrapp, patrocinadores, instituidores e representantes do Ministério da Fazenda à proposta de minuta de resolução proposta pela Previc foram lidas e amplamente debatidas. O Diretor de Análise Técnica da Previc, Carlos Marne, conduziu o debate buscando o mais amplo diálogo e consenso das ideias apresentadas.

As sugestões acordadas serão consolidadas pela Previc para a aprovação dos demais membros da comissão até o dia 3 de março de 2017, data estipulada para o término dos trabalhos e envio da minuta de resolução ao CNPC.

 

Previc lança concurso de monografia

21/2/2017 - A Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc) comunica a todos os interessados que estão abertas as inscrições para o 7º concurso de monografias da Previdência Complementar. Com o apoio da Fundação Anfip de Estudos da Seguridade Social e patrocínio da Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência complementar (Abrapp), a sétima edição do certame dará prêmios de R$ 10 mil para cada um dos vencedores dos três temas escolhidos pela Previc.

 O Edital está publicado no Diário Oficial da União desta terça-feira, 21 de fevereiro.  As inscrições para o concurso estarão abertas no período de 6 de março a 14 de junho e devem ser feitas por meio do preenchimento do formulário disponível na página da Fundação Anfip. Poderão concorrer candidatos de qualquer idade e nacionalidade, com formação acadêmica de nível superior. Para ser aceito pela comissão julgadora, o trabalho tem que ser inédito e aderente ao tema proposto.

 Os temas selecionados para o concurso foram: Tema 1-  Criação de mecanismos para o gerenciamento de expectativas. Tema 2 – A atratividade do sistema com a nova modelagem de Planos Setoriais e Instituídos. Tema 3 -  Revitalização da Previdência Complementar Fechada através de novos produtos.  A descrição do que se espera de cada um deles, bem como todos os passos necessários para a inscrição, estão detalhadas no edital e devem ser pesquisados pelos interessados.

 A premiação ocorrerá durante o 38º Congresso Brasileiro dos Fundos de Pensão que, este ano, acontecerá em São Paulo, no período de 4 a 6 de outubro.  Além da premiação e do certificado, os vencedores terão passagem e hospedagem para participarem do evento.

Não deixe de participar. A Previc quer conhecer a sua ideia a respeito dos temas propostos.

 

Previc recebe participantes da Funcef

20/2/2017 - O diretor-superintendente substituto da Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc), Esdras Esnarriaga Junior, recebeu na manhã desta segunda-feira, 20 de fevereiro, na sede da autarquia em Brasília, participantes da Funcef, sendo uma senhora que se identificou como Gigi Reis e o senhor João Baptista dos Reis, aposentados da Caixa Econômica Federal. Também estiveram presentes na reunião o diretor de Fiscalização da Previc, Sérgio Djundi Taniguchi e o diretor de Assuntos Atuariais, Contábeis e Econômicos, Fábio Henrique de Sousa Coelho.

No encontro, Esdras Esnarriaga Junior destacou o aspecto democrático de ouvir os participantes, em respeito ao que foi dito, sem necessariamente concordar com as críticas referentes à atuação da Previc.

Sobre o papel da Previc, Esdras esclareceu que a autarquia atua no âmbito administrativo de supervisão e de fiscalização, tendo como limite a autuação de caráter pecuniário, a suspensão e a inabilitação de dirigentes.

Durante a reunião, a senhora identificada como Gigi afirmou que a Previc emitiu parecer eximindo a Caixa Econômica Federal, como patrocinadora da Funcef, de dar a sua contrapartida em processo de equacionamento de déficit. O diretor Esdras Esnarriaga Junior afirmou, categoricamente, que não existe nenhum parecer da Previc que possa eximir qualquer patrocinador de fazer a sua contrapartida em processo de equacionamento de déficit. “Não existe nenhum parecer da Previc que exime patrocinador de qualquer processo de equacionamento”, garantiu Esdras.

Na reunião, foi realçado que a autarquia subsidiou as ações da Operação Greenfield e continua subsidiando todo o trabalho que cabe ao Ministério Público Federal e da Polícia Federal, inclusive desses junto ao Judiciário.

Antes da reunião na sala da Diretoria Colegiada da Previc, Esdras Esnarriaga Junior foi ao encontro dos cerca de 100 participantes da Funcef que lhe entregaram documento com vários questionamentos sobre o trabalho da Previc. Ao final da reunião, o diretor-superintendente substituto da Previc, Esdras Esnarriaga Junior, se comprometeu em responder, num curto espaço de tempo, todos os questionamentos que constam do documento.

Esclarecemos que em 2016 a Previc realizou nove autuações junto à entidade fechada de previdência complementar, sendo que o início da Fiscalização foi em 2015, acarretando também em uma representação administrativa junto à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e uma de caráter penal junto à Procuradoria Geral da República (PGR), referente a quatro investimentos. A entidade está sujeita à fiscalização permanente por parte da autarquia desde o início de 2016 (procedimento fiscalizatório criado no referido exercício), sendo que ao menos um investimento ainda se encontra em processo de apuração conformidade e identificação de responsabilidade.

O diretor Esdras ainda reafirmou que a Previc é uma instituição pública que tem obrigação de receber qualquer cidadão, especialmente os participantes dos fundos de pensão.

Previc recebe Funcef

 

A Previc vai mudar de endereço

15/2/2017 - A Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc) está mudando de sede em Brasília. A autarquia vai sair do seu atual endereço, no Setor Bancário Norte (SBN), para o Setor Comercial Norte (SCN), quadra 6, conjunto A, bloco A, no Edifício Venâncio 3000 do Shopping ID.

 No novo endereço, a Previc vai ocupar os andares 3º, 7º, 9º e 12º. A Diretoria Colegiada, o gabinete do diretor-superintendente e toda a área de assessoramento ficarão no 12º andar. A Procuradoria e a Diretoria de Análise Técnica (Ditec) dividirão o nono andar.

 O sétimo andar será compartilhado pela Diretoria de Assuntos Atuariais, Contábeis e Econômicos (Diace) e a Diretoria de Fiscalização (Difis). A Diretoria de Administração ficará no terceiro andar, onde também terá um auditório.

 Durante o período de mudança, entre os dias 23 de fevereiro e 10 de março, a Previc ficará sem serviços, como telefonia fixa e suporte de informática.

 Para não impactar às entidades, a Diretoria Colegiada resolveu suspender, nesse período, todos os prazos dos processos administrativos em curso na sede e nos escritórios regionais da autarquia. Os prazos voltarão a contar normalmente a partir do primeiro dia útil subsequente ao término da suspensão.

 A Portaria n° 127, que trata da suspensão do prazo, está publicada hoje, 16 de fevereiro, no Diário Oficial da União.

 

Previc participa de encontro anual do AssPreviSite

6/2/2017 - A Previc participou, na última sexta-feira, 3 de fevereiro, do já tradicional encontro anual do AssPreviSite em Brasília. O tema deste ano, “O desafio de fazer o que precisa ser feito”, foi debatido por importantes representantes do setor para uma seleta plateia composta, em sua maioria, por dirigentes, gestores das entidades e equipe da Previc.

O diretor-superintendente substituto da Previc, Esdras Esnarriaga Junior, chamou a atenção para as oportunidades que se abrem para o segmento diante da reforma da previdência social. “Temos que criar as condições para a ampliação de mecanismos que tragam maior transparência e segurança na relação entre entidades e participantes em função dos indicativos do Planejamento Estratégico em curso”.

Esdras aproveitou a oportunidade para falar do planejamento estratégico em andamento na autarquia, cujo foco é o de garantir a higidez e sustentabilidade do sistema.  “Todas as estruturas e processos são meios. O que importa é a entrega para a sociedade”, salientou.

Clique aqui para ter acesso à apresentação da Previc.

Previc recebe Anfip para debater a previdência complementar

30/1/2017 - A diretoria colegiada da Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc) recebeu, na última quinta-feira, representantes da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Anfip). Na oportunidade a Associação apresentou os resultados preliminares da Jusprev no exercício 2016, entidade que tem como um dos instituidores a própria Anfip.

A reunião serviu também para debater os impactos da proposta de Reforma de Previdência, em tramitação no Congresso Nacional, e as oportunidades e desafios que geram para o Sistema de Previdência Complementar.

Participaram da reunião, por parte da Anfip, o Vice-Presidente de Assuntos de Seguridade Social, Décio Bruno Lopes; o Diretor Jurídico e de Benefícios da Jusprev, Márcio Humberto Gheller e o Vice-Presidente da Associação Catarinense dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Acafip), Floriano José Martins.

Pela Previc participaram do encontro o Diretor-Superintendente Substituto, Esdras Esnarriaga Junior; o Diretor de Análise Técnica, Carlos Marne Dias Alves; o Diretor de Assuntos Atuariais, Contábeis e Econômicos, Fábio Coelho e a Diretora de Administração Substituta, Rita de Cássia Corrêa da Silva.